Pode ver mais em https://www.iberbibliotecas.org/ano-iberoamericano-das-bibliotecas/


INFORMAÇÃO 


A Informamos que a sala de leitura da Biblioteca e Arquivo Diplomático se encontra aberta, mediante marcação, 

As marcações devem ser feitas por email para dab@mne.pt.


È obrigatório o uso de máscaras e luvas, durante a permanencia na sala.

Notícias

News

Workshop sobre as melhores práticas internacionais em projetos de digitalização já está em disponível no canal do Youtube «Diplomacia.pt»

Workshop sobre as melhores práticas internacionais em projetos de digitalização já está disponível no canal do Youtube «Diplomacia.pt»

O projeto Refúgio, Migração e Holocausto arrancou com uma discussão teórica e metodológica sobre “Arquivos einvestigação história: as melhores práticas internacionais em projetos dedigitalização”. O debate desenrolou-se a partir das apresentações dos programas Dodis, Metagrid, EHRI e Rossio.
Na Parte 1 da gravação, pode ouvir Sacha Zala (“Publicando e interconectando documentos diplomáticos: o caso suíço:Dodis e Metagrid”), e Veerle Vanden Daelen e Mike Bryant (“EHRI em diálogo com arquivos e projetos sobre publicação sustentável de metadados em fontes do Holocausto”).
Na Parte 2, Daniel Alves fala sobre “Plataformas de fonte aberta para ligar dados e melhorar a investigação: abordagens da Infra-estrutura ROSSIO e do Laboratório de Humanidades Digitais do IHC”. Em ambas, o diálogo entre os convidados e a equipa do projeto Refúgio, Migração e Holocausto foi animado e produtivo. Disponível no canal nestes links do canal Diplomacia.pt:

https://www.youtube.com/watch?v=592O8_DIDio

https://www.youtube.com/watch?v=bL7L8eRCvWk


News

Instituto Diplomático do MNE é o novo content provider do ROSSIO

Instituto Diplomático do MNE é o novo content provider do ROSSIO

A rede de content providers do ROSSIO continua a crescer, desta vez com a integração de recursos da Divisão de Arquivo e Biblioteca do Instituto Diplomático, do Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE), mais concretamente do Projeto Refúgio, Migração e Holocausto (1936-1945): Coleção de Vistos do Arquivo Diplomático e a Coleção Fotográfica da Cruz Vermelha Portuguesa, financiado pela FCT, no âmbito do Programa Nacional em torno da Memória do Holocausto.


Pode saber mais em https://rossio.fcsh.unl.pt/2021/04/29/instituto-diplomatico-do-mne-e-o-novo-content-provider-do-rossio/

News

ArchNeed- The Architecture of need: Community Facilities in Portugal 1945-1985

ArchNeed- The Architecture of need: Community Facilities in Portugal 1945-1985

Está aberto concurso para concurso para 2 bolsas de investigação para o projeto de investigação ArchNeed – The Architecture of Need: Community Facilities in Portugal 1945-1985 | Arquitetura de Necessidade: Equipamento Comunitário em Portugal 1945-1985 (PTDC/ART-DAQ/6510/2020), liderado pelo Arquiteto Ricardo Agarez / Universidade de Évora.
As bolsas têm a duração de um ano e são destinadas a mestres estudantes de doutoramento ou mestres inscritos em cursos não conferentes de grau académico. As/os candidatas/os deverão possuir: Mestrado nas áreas das Ciências da Informação e Documentação – Arquivística, História, História de Arte, Arquitetura ou similar, com a classificação média final de 14 valores ou superior (fator eliminatório).
Uma das bolsas tem como fonte de trabalho os Arquivos Gulbenkian, nas partes em que documentam apoios à construção e apetrechamento daquele tipo de Equipamentos.

News

Prémio RADI para a investigação 2021 – 5ª edição

Prémio RADI para a Investigação 2021

Estão abertas as candidaturas para o Prémio RADI para a Investigação 2021. Nesta 5ª edição, e mais uma vez, a Rede de Arquivos Diplomáticos Iberoamericanos (RADI) abre o processo de candidatura a todas as investigações – individuais ou colectivas – cujo tema esteja directamente relacionado com a história das relações diplomáticas no espaço ibero-americano.
As candidaturas estão abertas até 31 de Maio de 2021 e o prémio para a investigação vencedora será de US$2500 (dólares norte-americanos).

News

FCT financia projeto do Arquivo Diplomático

FCT financia projeto do Arquivo Diplomático
Refuge, Migration and Holocaust, 1936-1945:  The Visa Collection of the Diplomatic Archives and a Photographic Collection of the Portuguese Red Cross

O Arquivo Diplomático viu o projeto que apresentou à FCT, no âmbito do Programa Nunca Esquecer, ser objeto de financiamento. O projeto centra-se principalmente no tratamento arquivístico, digitalização, estudo e divulgação pública de uma coleção importante para o estudo da geografia da migração, do refúgio e da diáspora judaica durante a Segunda Guerra Mundial. O projeto incidirá sobre a ação dos cônsules portugueses e também a vida dos refugiados em Lisboa, retratada através da Cruz Vermelha Portuguesa.

News

ARISTIDES DE SOUSA MENDES, O CÔNSUL HUMANITÁRIO

Torre do Tombo | Mostra documental | Até 30 de agosto de 2021

ARISTIDES DE SOUSA MENDES, O CÔNSUL HUMANITÁRIO

O Arquivo Nacional da Torre do Tombo promove uma mostra de alguns documentos que nos avivam a memória para a atuação altruísta e humanitária de Aristides de Sousa Mendes enquanto cônsul-geral de Portugal em Bordéus, que  ao passar em poucos dias milhares de vistos salvou outras tantas vidas, comprometendo irremediavelmente a sua.

Veja aqui a exposição virtual


News

Bernardo Futscher Pereira deposita espólio no Arquivo Diplomático

Bernardo Futscher Pereira deposita espólio no Arquivo Diplomático


O Arquivo Diplomático viu o seu fundo enriquecido com o depósito do arquivo pessoal do Embaixador Futscher Pereira.

O diplomata que, em conjunto com a sua irmã Vera já doara ao Arquivo diplomático o espólio do seu pai, decidiu fazer o mesmo com o seu acervo. O fundo que resulta maioritariamente da atividade profissional do diplomata constituirá uma fonte importante para o conhecimento dos últimos anos do séc.XX, em termos de política externa.

Também investigador, autor de dois volumes sobre a diplomacia de Salazar e do Estado Novo, Bernardo Futscher conhece bem a importância das fontes para  a  investigação histórica e demonstra-o com esta oferta.

O inventário pode ser consultado no catálogo do Arquivo e da Biblioteca, mas o acesso depende de autorização do autor.