O Caso das três Marias

 

in memoriam de Maria Velho da Costa.

Em 1973, as escritoras Maria Teresa Horta, Maria Isabel Barreno e Maria Velho da Costa entraram no Tribunal da Boa-Hora para a primeira audiência do seu julgamento. Acusadas pelo Estado português de terem escrito um livro pornográfico e atentatório da moral pública e bons costumes, intitulado Novas Cartas Portuguesas, as Três Marias ficariam conhecidas em todo o mundo pelas repercussões deste julgamento, classificado como a primeira causa feminista internacional, elas representam dignidade, coragem e liberdade.

 

 Recorte de jornal

 Ofício da Embaixada de Portugal em Washington a remeter o artigo publicado na revista Newsweek sobre o livro

 Ofício da Embaixada de Portugal em Otava a remeter uma carta dirigida à embaixada por um grupo de mulheres que protestam contra a prisão das autoras do livro

 Telegrama recebido da Embaixada de Portugal em Washington a informar sobre os protestos promovidos pela

Recorte de jornal "Diário de Lisboa" sobre o artigo da publicação brasileira "Mundo Português", sd.

 AHD-MNE, S.1E3P2/88084

Ofício da Embaixada de Portugal em Washington a remeter o artigo publicado na revista Newsweek sobre o livro "Novas Cartas Portuguesas", 23 de janeiro de 1975.

AHD-MNE, S.1E3P2/88084


Ofício da Embaixada de Portugal em Otava a remeter uma carta dirigida à embaixada por um grupo de mulheres que protestam contra a prisão das autoras do livro "Novas cartas Portuguesas", 29 de dezembro de 1973.

AHD-MNE, S.3E38P4/35179

Telegrama recebido da Embaixada de Portugal em Washington a informar sobre os protestos promovidos pela "mational organization of women" com representantes de 30 paises, 26 de junho de 1973.

AHD-MNE, S.3E38P4/35179

.